Mensagens II

“A medida do amor é amar sem medida.”

Victor Hugo

**

“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, porque se você parar para pensar, na verdade não há.”

Renato Russo

**

“Quem ama extremamente, deixa de viver em si e vive no que ama.”

Platão

**

“Amor não se conjuga no passado; ou se ama para sempre, ou nunca se amou verdadeiramente.”

Fernando Pessoa

**

“Só existe uma lei no amor; tornar feliz a quem se ama.”

Stendhal

**

“PERDIDAMENTE”

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim…
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente…
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Florbela Espanca

Só depois de ter descoberto que o Verdadeiro Amor é Incondicional é que percebi qual é o verdadeiro significado deste belíssimo poema da Florbela Espanca!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Amor, Amor incondicional, Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Mensagens, Mensagens II, Platão, Renato Russo, Stendhal, Victor Hugo com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a Mensagens II

  1. margarida diz:

    beijinhos amigo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s