O que há a fazer, então?

Amor - Casal 45º

O que há a fazer, em primeiro lugar, é a mentalização que o verdadeiro Amor é Incondicional.
Depois, há que querer viver o Amor Incondicional. Querer viver o Amor Incondicional, ao lado de alguém, que ao seu lado, também queira viver o Amor Incondicional.

Seguidamente deixar o que ficou para traz, para traz. O que lá vai, lá vai. Viver o presente. Saborear o renascimento, com a descoberta do Amor Incondicional.
Permitir que a pessoa que ao seu lado vai viver o Amor Incondicional, venha até si. Deixar que Amor sem condições, preencha o seu coração, e depois doar esse Amor, à pessoa que veio até si. Doar-lhe esse Amor, sem ses, sem porquês, e sem paraquês. Doar simplesmente!

É isto que há a fazer!
Parece ser difícil faze-lo. Mas não, não é nada difícil. O difícil é viver o Amor, não Incondicional, e julgar que é verdadeiro, quando na verdade, não passa de uma ilusão. Uma ilusão que, mais cedo ou mais tarde se revela, trazendo consigo, dor e sofrimento!

Mário Jorge

Esta entrada foi publicada em "A expanção da mente" de Tarthang Tulku, Amor incondicional, O verdadeiro amor com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s