A minha aprendizagem do que é, e do que significa o Amor Incondicional!

Love bears 2º

Antes de mais, tenho esperança que este texto que vou escrever, possa ajudar de alguma forma quem esteja a dar os primeiros passos, no intuito de saber o que é o Amor Incondicional e o que ele significa, para poder Amar Incondicionalmente.

Bom; vamos lá então!

Iniciei a descoberta do que é o Amor Incondicional e do que ele significa, em Maio de 2013. Poucos dias depois do inicio, criei este meu blogue. E a partir daí, fui-me embrenhando cada vez mais e mais fundo no Amor Incondicional.

Cedo, dei-me conta que na verdade, o Amor Incondicional, não é apenas a sua definição. Dei-me conta que ele vai muito além da sua definição. Por essa razão, tornou-se claro para mim, que o Amor Incondicional, é muito vasto, e que por isso, iria demorar para o descobrir. Que não iria ser em meses, ou em um ano que aprenderia o que ele é, e o seu significado. Mas estava a ser já tão mágico, que iria prosseguir o caminho que tinha iniciado.

Durante o primeiro ano, houve vários momentos de alguma confusão na minha mente. Mas como é normal essa confusão acontecer, em virtude do que ele comporta, não me preocupei, pois sabia que no momento certo, essa confusão desapareceria.

Continuei então o caminho que tinha iniciado.

Fui pesquisando cada vez mais, quer no Google quer no Youtube. E com o tempo, tudo foi-se tornando cada vez mais claro para mim.

Como referi anteriormente, o Amor Incondicional, não é apenas a sua definição. Ele não significa só que é o Amor Verdadeiro, que não tem condições e nem regras, e que é Compassivo e Altruísta; Bondosamente Generoso; Simples; Puro e Pleno. Não, ele não significa só isso. Ele vai muito além disso.

Já de seguida, vou dar um exemplo prático, de ideias pré-concebidas que muita gente tem, e que não são nem um pouco verdadeiras.

No fim de semana passado, alguém me dizia não acreditar no Amor Incondicional entre casais e que ele só é possível entre mãe e filho. Estas para além de serem ideias pré-concebidas, não são verdadeiras.

O Amor Incondicional entre casais, não apenas é possível, como só ele é Amor Verdadeiro. Mas já agora, vou voltar a referir aqui no meu blogue, três Maravilhosas e Verdadeiras histórias de Amor Incondicional, entre três casais. Para além destas três histórias, há outras histórias, de Amor Incondicional entre casais, igualmente Maravilhosas e Verdadeiras. Mas vou-me ficar apenas por estas três histórias, aqui neste texto:

A Soldier’s Love Story…Taylor Morris and Danielle Kelly

*

A HISTÓRIA DE CRIS MEDINA “Se não quiser chorar, não veja”

*

Cola and Felix Glenny married yesterday in a ceremony at Medway Maritime Hospital in Kent.

“EXCLUSIVE: Cola and Felix Glenny married yesterday in a ceremony at Medway Maritime Hospital in Kent.’It was perfect. It couldn’t have gone any better’: Brave words of mother-of-two, 22, who married her terminally-ill boyfriend, 23, in hospital bed ceremony after he was diagnosed with bowel cancer”

*

O Amor de uma mãe pelo filho, não é Incondicional. Esta é uma ideia pré-concebida que persiste e que é repetida até à exaustão, por exemplo aqui na Net, mas que, no entanto, é totalmente falsa.
O Amor de uma mãe pelo filho, ou do pai pelo filho, é completamente Condicional. E isto porquê? –Porque é justamente com a mãe e com o pai, que começamos a assimilar o Ego. É justamente com a mãe e com o pai, que começamos a tornar-nos seres moldados pelo Ego. Depois, os amigos, os conhecidos, e a sociedade, também nos vão tornar em seres, moldados pelo Ego. Em suma; é com a mãe e com o pai, que começamos a perder a nossa pureza, que começamos a perder a nossa inocência.

Agora, ao fim de mais de dois anos, estou já bem elucidado do que o Amor Incondicional é, e do que ele significa. Estou já bem elucidado da sua vastidão. Porem, sei que tenho que continuar a embrenhar-me nele, para o descobrir mais e melhor!

Mário Jorge

Esta entrada foi publicada em A minha aprendizagem..., Amor incondicional, Amor verdadeiro, Cola and Felix Glenny, Cola e Felix Glenny, Cris Medina e Juliana Ramos, Ego, Mãe e pai, Taylor Morris and Danielle Kelly, Taylor Morris e Danielle Kelly com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s