O Ego e o Amor Genuíno

Amor - Casal 14º

O Ego, é o principal oposto do Amor.
O Ego, gera apego.

Nós, quando nascemos, nascemos sem Ego. Depois, a partir dos primeiros anos de vida, com a família, com os amigos, com os conhecidos, e com a sociedade, vamos assimilando o Ego. Vamo-nos tornando seres de Ego.

Ao contrário do Amor Condicional, que na realidade é mental, o Amor Genuíno, ou Amor Incondicional, é do coração. E é assim, porque o Amor Condicional, ou Amor Ego, é comandado pelo Ego. Ao passo que o Amor Incondicional, não é comandado pelo Ego, e consequentemente pelo Apego. O Amor Incondicional, é comandado pelo Amor.

O que as pessoas não pensam, é que o nosso coração sabe muito bem o que quer.
O nosso coração sabe muito bem que o Ego e o Apego, são oposto a si, são opostos à emoção que dá. Por tanto; o nosso coração quer dar amor, por dar amor, e não por alguma condição, pois ele sabe, que qualquer condição, que ponhamos no Amor que dizemos sentir, é colocada pelo Ego. Não sendo por isso do coração.

O Amor Condicional, ou Amor Ego, não tem nada a ver com o coração. Como disse e repito; o Amor Condicional é mental.

O Amor Incondicional, ou Amor Genuíno, não é um sentimento. É uma emoção. É uma doação Incondicional.

O Amor Condicional, ou Amor Ego, por ser comandado pelo Ego, é egocêntrico. Quer sempre saber de si e da sua felicidade, não se importando, por isso, de magoar, de ferir a pessoa que diz amar. Sentimentos puros, como a Bondade Amorosa, a Equanimidade, a Compaixão e o Altruísmo, não fazem parte de si.

Já o Amor Genuíno, ou Amor Incondicional, quer saber, em primeiro lugar, da felicidade da pessoa amada. A Bondade Amorosa, a Equanimidade, a Compaixão e o Altruísmo, são sentimentos que o integram.

Por conseguinte; o Amor Genuíno, ou Amor Incondicional, é o único amor, que pode ser chamado de amor!

Mário Jorge

Esta entrada foi publicada em Amor condicional, Amor Condicional ou Amor Ego, Amor Genuíno ou Amor Incondicional, Amor incondicional, Apego, Bondade Amorosa, Compaixão e Altruísmo, Ego, Equanimidade, O Ego e o Amor Genuíno com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s