APEGO E INTERFERÊNCIA

livre_blog

Este talvez seja o maior e principal desafio de vocês.

Isto porque sua real superação exige que acreditem verdadeiramente que são seres multidimensionais e que esta vida material é apenas uma pequena etapa de sua evolução.

Em sua trajetória pelas várias dimensões, esta é a quarta e última vez que vão se deparar com esta matéria tridimensional. Vocês aqui têm total consciência, compreensão e domínio da matéria, e isto lhes é dado para que possam abandoná-la. Esta é a grande Lei da Consciência neste Universo: experienciar totalmente um conceito para transmutá-lo.

Quando falamos em matéria, não estamos falando apenas nos objetos, mas em suas vidas materiais e este apego material que vocês têm uns pelos outros. Material porque vocês se fixam apenas nesta dimensão e nesta realidade.

Mesmo que seja um lindo amor entre duas pessoas, vocês se baseiam nesta vida material. Esquecem das inúmeras de vidas e dimensões existentes, da impermanência de tudo isto e da sua longa caminhada de milhares de anos.

Apegam-se uns aos outros e procuram, por um amor terreno, interferir no caminho de quem amam. Acham que podem evitar que os outros passem por esta ou aquela experiência desagradável.

Lembrem que cada um vive o caminho que traçou e cada auxílio não solicitado é uma interferência maléfica na evolução do outro.

Muitos de vocês levam vidas cheias de conceitos espiritualistas, mas não conseguem vivê-los. Praticam estes conceitos em pequenos laboratórios de casas e templos religiosos, dão lindas palestras, praticam pequenos atos bonitos, mas não conseguem aplicá-los quando se referem às suas próprias vidas e as vidas daqueles que amam.

Entendam que isto de nada adianta, é preciso sentir a mudança interior. O processo se desenvolve no coração e não nas suas mentes racionais. Precisam sentir e não pensar.

Sintam os conceitos, sintam verdadeiramente cada conceito que professam e pensam acreditar.

Deixem de serem estes Homo Sapiens e permitam-se sentir e viver verdadeiramente em seu interior aquilo que acreditam. Abram-se para as mudanças e tornem-se verdadeiros Homo Spiritus !

Deixem que a Grande Luz penetre em seus corações, abram seus corações !

através de Prama Shanti,  em 18/07/2015

Fonte: PramaShanti


Uma pessoa que ama condicionalmente, é uma pessoa que ama apegadamente. E por isso, acha que pode interferir na maneira de ser da pessoa que diz amar. Não a aceita tal como ela é, com as suas virtudes e com as suas imperfeições. E por isso a procura mudar. Só que essa atitude acontece, porque quer que a pessoa que diz amar, seja à sua imagem e semelhança. Ou seja; é o Apego por si.

Já uma pessoa que ama incondicionalmente, ama desapegadamente. E por isso, não interfere na maneira de ser da pessoa que diz amar. Aceita a outra pessoa, tal como ela é, com as suas virtudes e com as suas imperfeições. Não a procura mudar. Aceita e respeita a liberdade que a outra pessoa tem, de ser quem é e como é!

Mário Jorge

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Apego, APEGO E INTERFERÊNCIA com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s