Amar genuinamente é ser livre e respeitar a liberdade do outro.

Amor casal 12º

É muito importante começar por dizer que o Amor Genuíno, ao contrário do Amor Romântico, é livre das amarras do Ego. E ao ser livre das amarras do Ego, é também livre das amarras e do controlo do Apego.

O Amor Genuíno, ao ser livre das amarras do Ego, e das amarras e do controlo do Apego, é um amor puro e pleno. É um amor saudável e respirável, de parte a parte. E ao ser assim, ele é livre e respeita a liberdade do outro.

O Amor Genuíno, não invade o espaço do ser amado.
Respeita a liberdade do ser amado, de ser ele/ela mesmo.

Quando duas pessoas se amam genuinamente, cada um dos dois, respeita totalmente a maneira de ser do outro, respeita totalmente as opções do outro, de ser quem é e como é.

Só depois de se perceber isto, e se querer pô-lo em prática, na sua vida a dois, para com o outro e para consigo mesmo, o Amor Genuíno entre duas pessoas é realmente possível!

Mário Jorge

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Amar genuinamente, Amar genuinamente é ser livre e respeitar a liberdade do outro., Amarras do controlo do Apego, Amarras do Ego, Amor Genuíno, Apego, Ego, Liberdade com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s