O Amor e a liberdade

Amor casal 16º

“Algumas pessoas acreditam que o amor é possuir ou controlar, esse movimento é ao meu ver o revés do amor, o amor é ser livre e apreciar a liberdade do ser amado!”

Marcia Dolores Resende

Fonte: Pensador

***

Concordo totalmente com o que disse a Marcia Dolores Resende.

Quem não percebe que o amor é ser livre. Que o Amor é apreciar a sua liberdade e a liberdade da pessoa que ama, não pode querer amar genuinamente.

Amar, não é controlar. Amar, não é tentar mudar o que acha que está mal na pessoa amada. Pois, agir desta maneira, impede a liberdade. E ao impedir a liberdade impede o Amor, pois o Amor quer dizer liberdade.

Amor, sem liberdade, não é Amor.

Amar, é deixar que a pessoa amada, seja ela mesma, com as suas virtudes e as suas imperfeições. Respeitar isso, é deixar que a pessoa amada seja livre.

Uma relação de Amor Genuíno, é uma relação de duas liberdades. E sem que isto não seja percebido, uma relação de Amor Genuíno, não é possível!

Mário Jorge

Esta entrada foi publicada em AMAR, Amor Genuíno, Liberdade, O Amor e a liberdade com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s