Arquivo da Categoria: Mário Quintana

SIMULTANEIDADE

– Eu amo o mundo! Eu detesto o mundo! Eu creio em Deus! Deus é um absurdo! Eu vou me matar! Eu quero viver! – Você é louco? – Não, sou poeta. “Com o tempo, você vai percebendo que para … Continuar a ler

Publicado em Amor, Amor puro, Mário Quintana | Publicar um comentário