A conexão de Chamas Gémeas e a Troca de energias Parte 2

A conexão de Chamas Gémeas e a Troca de energias

Como ocorre a troca de energia entre as Chamas Gémeas e porque a separação é uma ilusão

Os Princípios Herméticos e as Chamas Gemeas

Um novo olhar sobre Chamas Gémeas Parte 2

Nossa Chama Gémea somos nós mesmos em uma alma distinta com experiências distintas.


 

Um exemplo: se você for a energia feminina, precisará aprender a desenvolver a energia masculina que existe dentro de você, mas que existe em menor quantidade do que a energia feminina. Também precisará aprender a equilibrar a energia feminina para que não haja excessos. Essa energia masculina que há dentro de você é a mesma que há dentro da sua Chama Gémea. Dentro de sua Chama Gêmea, há a energia feminina que também está dentro de você. Vocês são um. Um está dentro do outro energeticamente falando. Entende porque a separação física é uma ilusão?

Quando você começa a trabalhar a energia masculina que está dentro de você, essa energia ressoará dentro da sua Chama Gêmea na energia masculina dela. Quando você equilibrar a energia feminina dentro de você, a energia feminina dentro de sua Chama Gêmea também sentirá o reflexo, porque tudo é UM. Há aqui o Princípio do Ritmo, a troca de energia entre as Chamas Gémeas é constante. Se nossa Chama Gêmea está sofrendo ou em qualquer outro tipo de baixa vibração, isso reflete em nós. Quanto mais positiva nossa Chama Gémea estiver, quanto mais feliz, mais isso refletirá em nós também. Se sua Chama Gêmea estiver bem, essa positividade também será refletida para você. Aqui está presente o Princípio da Vibração. Somos energia e estamos em constante vibração. Se nossa energia estiver equilibrada, onde estiver parte da nossa energia, ela vibrará em equilíbrio também.

É necessário que busquemos o melhor em nós para sermos a nossa melhor versão para nós mesmos e para os outros à nossa volta. Esse deve ser o foco. Dessa maneira, quando nos tornamos melhores, atingimos positivamente aqueles que estão próximos a nós. Por equivalência, ao melhorarmos, nossa Chama Gêmea também melhora e essa positividade atinge aqueles com quem ela possui contato. E isso é que deve nos interessar. Quantas pessoas nós podemos ajudar direta e indiretamente.

É por isso que o romance não é a razão de ser do encontro das Chamas Gémeas. O que há é uma troca de energia. O sofrimento da separação é porque o corpo físico é feito para experimentar emoções. Portanto, sofremos pelo apego porque sentimos a sensação de plenitude, completude, pertencimento e o distanciamento físico nos faz sentir como se algo nos tivesse sido tirado. Lá no começo, na separação inicial, não houve dor ou sofrimento, porque éramos energia sem corpo físico.

Nossa alma, através das experiências de vidas passadas, traz para nosso corpo atual sensações e lembranças sensoriais que precisam ser transmutadas, não para voltarmos ao estado inicial, mas para evoluirmos para uma energia ainda mais forte e intensa elevando a vibração do planeta para quebrar a ilusão na qual estamos envolvidos.

Algo que aprendi recentemente com uma amiga e sou grata por ela ter compartilhado isso comigo: quando entramos em uma fase de baixa vibração (não importa há quanto tempo está caminhando ou o conhecimento que possui sobre Espiritualidade, isso eventualmente poderá acontecer), significa que estamos mudando de fase. Ciclos estão sendo encerrados para que um novo comece, é necessário que certos sentimentos e energias sejam transmutados porque já não cabem nessa nova fase. A vibração já não é compatível. Portanto sentimos tristeza, dor, sofrimento, confusão, medos, inseguranças, dúvidas e tantos outros que às vezes nem reconhecemos.

O sofrimento é real? Sim. Totalmente. Mas, o que quero dizer é que você encontrar sua Chama Gémea não significa sofrer para o resto da vida. Esse sofrimento da separação é que não é real. Não acredite na história de que somente poderá ser feliz quando entrar em união romântica com sua Chama Gêmea, trocando em miúdos, que a Jornada de Chamas Gêmeas é uma Jornada dolorosa e de sofrimento (eu acreditava nisso!), que, ao encontrar sua Chama Gêmea você irá sofrer imensamente até aprender tudo o que tiver de aprender. Isso não é real. Você pode ser feliz nessa jornada, sim! Estando ou não em união. O sofrimento não vem da Chama Gémea, mas das suas próprias feridas e se você curá-las, os sentimentos em relação à sua Chama Gêmea se tornarão mais leves. 

Também não significa que nunca mais irá doer ou que o contato com sua Chama Gêmea nunca mais te afetará da mesma maneira que antes. Isso pode acontecer e provavelmente acontecerá. Mas aprenderá a transmutar a energia, a curar-se, a aceitar e encarar o que sente. Você perceberá que até aqueles dias mais difíceis em que a conexão te trará situações à memória acontecerão para você aprender algo novo.

Sua Chama Gémea vai te dar um “empurrãozinho” para que essa Jornada espiritual aconteça, se isso foi o combinado com a Espiritualidade antes de encarnar. Nem todos iniciarão sua Jornada por contato com sua Chama Gêmea.

A Jornada será dolorosa em muitos aspectos porque você precisará olhar para suas feridas internas para aprender a curá-las. Você associará essa dor à sua Chama Gêmea porque ela é seu espelho perfeito e refletirá para você as suas feridas abertas, como se você tivesse caído de bicicleta e olhasse no seu espelho e visse os arranhões, sabe? Você começa a tratar suas feridas. Vai doer ao encostar, não é? Foi o espelho que causou a dor ou ele apenas mostra?

OBS: Não confundir com relacionamento abusivo! Chamas Gémeas espelham as feridas. Às vezes até cutucam a ferida, mas Chamas Gémeas não reproduzirão abusos físicos ou psicológicos! Você olhará para sua Chama Gêmea e sentirá que você não é bom o suficiente (embora seja e a sua Chama te veja assim e até tenha te falado isso!), mas você verá porque é um aspecto SEU que precisa ser trabalhado. Você olhará para sua Chama Gêmea e sentirá ciúmes (não abusivo!) e perceberá que é uma pessoa insegura. Você olhará para sua Chama Gêmea e sentirá medo de ser rejeitado ou abandonado, porque ela está refletindo para você a sua ferida de baixa autoestima. Às vezes as atitudes de sua Chama Gémea serão nesse sentido de te fazer encarar seus medos, mas não esqueça que você estará fazendo o mesmo que ela. Ambas inconscientemente.

Se você e sua Chama Gémea se separaram, se vocês se reconectaram e algo deu errado, se ainda há muita dor, tristeza, mágoa, raiva, não abafe seus sentimentos. Isso, na verdade, vale para qualquer tipo de relacionamento. Se você estiver triste, com dor emocional, não camufle o que sente com positividade tóxica. Permita-se sentir para que consiga compreender o que dói e qual a ferida precisa ser tratada. Isso nos ajuda a trabalhar o que ainda precisamos trabalhar. Às vezes a toxicidade não está apenas no outro, mas em nós também. Quantas vezes eu fui tóxica com o meu Gémeo e não percebi até que feridas foram novamente abertas por lembranças com ele e eu, finalmente, pude ver o que doía em mim, reconhecer que a minha ferida era a causa da minha toxicidade e pude trabalhar isso em mim.

Portanto, quando pensamentos ruins vierem (e virão porque somos HUMANOS vivendo experiências HUMANAS) significa que há trabalho interno a fazer. Investigue seu sentimento, descubra o que causou. Permita-se senti-lo sem autojulgamento. Lembre-se de que você está em processo de aprendizagem.

Não cale seus sentimentos, não os negue, mas os cure.

Busque o autoconhecimento. Descubra-se. Faça terapias, busque a Espiritualidade para saber quais aspectos dentro de você precisam ser trabalhados. Tente se conhecer melhor. Consulte Psicólogos, terapeutas. Há excelentes leitores de tarô terapêutico, terapeutas holísticos que utilizam ferramentas como a Mesa Quântica ou Radiestesia, Reiki, Thetahealing, Eneagrama, Mapa Astral, Constelação Familiar entre tantos outros. Conheça aquilo que você sinta que mais se identifica.

Dessa forma, ao curar suas feridas, sua energia ficará mais forte e equilibrada, isso ressoará em sua Chama Gémea para que ela cure suas próprias feridas. Aí a responsabilidade é pessoal. Cada polaridade tem suas próprias feridas. A troca de energia ajudará a fortalecer a alma para que se cure, mas cada qual cura a si mesmo. 

Então, não se preocupe em fazer ou deixar de fazer algo em razão da sua Chama Gémea. Entenda que trabalhar em você é o suficiente. Também não pense que todo o trabalho interno atrairá sua Chama Gémea. Essa frase pode ser dura e muitos se recusam a aceitar, mas não é porque são Chamas Gémeas que obrigatoriamente deverão ficar juntas. Algumas se unem e algumas não. Mas acreditar que todas estão determinadas a ficarem juntas em união física romântica não é benéfico ou saudável. Esse pensamento fecha portas, fecha caminhos de vidas, gera expectativas e, caso a união romântica não se concretize, gera decepções tão grandes que criam feridas ainda mais profundas na alma.

Entenda que há diferença entre não criar expectativa e rejeitar a conexão. É um pouco complicado explicar, mas, basicamente, é o seguinte: não criar expectativas é ter fé que as coisas acontecerão da forma que devem acontecer. É fazer sua parte, fazer o que estiver ao seu alcance, buscar sua melhora física, mental, emocional e espiritual, buscar o equilíbrio das energias dentro de você. É saber que tudo é possível, que a união é possível, mas que, também, caso não ocorra, é porque, para a Espiritualidade que tudo sabe e tudo vê, isso não era o melhor para você e para sua Chama Gêmea, ou não estava no contrato espiritual de vocês. É deixar fluir sem expectativa do que irá ou não irá acontecer. É um ato de fé, um salto de confiança no desconhecido. Muitas vezes a Espiritualidade não nos revela situações por dois motivos: não é a hora de saber ou é a hora de aprendermos a ter confiança na Espiritualidade.

Sobre rejeitar a conexão, podemos definir como rejeitar a outra pessoa ou negar seus próprios sentimentos pelo outro. O medo de se machucar ou se decepcionar é tão grande que se nega a possibilidade da união para que não sofrer uma decepção. É se tornar o Corredor da Dinâmica. Você nega seus sentimentos pelo outro, rejeita a ideia de uma possível união para que, caso isso não aconteça, você não sofra.

É absolutamente possível seguir nessa jornada sem criar expectativas sobre a união e sem rejeitar sua possibilidade. É possível encontrar o meio termo e ser feliz assim.

Somos energia e atrairemos para nossa vida o que estivermos vibrando.

Cure-se, equilibre suas energias e acredite que o for necessário para sua evolução, será atraído até você.

Namastê!

Fonte: Chamas Gémeas Br

Esta entrada foi publicada em A conexão de Chamas Gémeas e a Troca de energias Parte 2, ALMAS GÉMEAS RELACIONAMENTOS KARMICOS E CHAMAS GÉMEAS, Chamas Gémeas, Chamas gémeas br com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.